segunda-feira, junho 25, 2007

Marketing de Guerrilha no Second Life




Eu não poderia deixar de mencionar o Marketing de Guerrilha depois do ocorrido no último domingo dia 17/06 na festa que aconteceu na Ilha Berrini no ambiente Second Life para o lançamento na nova novela da Globo, 7 pecados. A festa contou com a presença dos avatares dos personagens, do diretor e de convidados.


Eu vi na internet que a idéia de promover a festa foi do autor Walcyr Carrasco, que inclusive já deu até entrevista coletiva no Second Life . Uma idéia simplesmente maravilhosa, inovadora e que com certeza gerou muita mídia espontânea.


Mas o impressionante mesmo, foi a turma do pânico na TV aparecer na festa virtual fazendo a dança do siri. Eles anunciaram no programa de TV que estariam na festa virtual de lançamento da novela, só que eles não conseguiram entrar na ilha. Quem conseguiu foi a redatora do programa Rosana Hermann que foi expulsa pois estava fazendo a dança do Siri com seu avatar.


De acordo com o blog do Pânico na TV as notícias sobre a repercussão do Pânico no Gugu e vice-versa (que aconteceu também nessa semana) o que repercutiu mais foi a expulsão da Rosana Hermann da festa do Second Life na festa virtual.


Mas vamos entender um pouquinho o termo Marketing de Guerrilha, de acordo com a wikipédia: "marketing de guerrilha vem da guerrilha bélica, ou seja, é um tipo de guerra não convencional no qual o principal estratagema é a ocultação e extrema mobilidade dos combatentes, chamados de guerrilheiros. Em geral, táticas de guerrilha são usadas por uma parte mais fraca contra uma mais forte". Se por um lado os guerrilheiros muitas vezes carecem de equipamento e treinamento militar adequados, por outro contam com a ajuda de populações que os defendem e com ataques-surpresa ao inimigo, sem necessidade de manter uma linha de frente. O conhecimento do terreno de combate também é uma arma bastante usada na guerra de guerrilhas.

O objetivo da utilização do marketing de guerrilha é devido ao fácil acesso a pequenas empresas ou instituições de combater gigantes ou para pura e simplesmente a sua sobrevivência. O marketing de guerrilha é uma das técnicas de propaganda que cada vez mais ganha destaque. Com custos mais baixos do que os da propaganda tradicional, pode ser uma boa alternativa de divulgação para empresas com recursos financeiros limitados.

O objetivo é mostrar sua marca gerando eventos que possam ganhar espaço nos noticiários ou atrair a atenção direta do público alvo sem pagar espaços publicitários nas mídias tradicionais como rádio, televisão, jornais e revistas. Com essa técnica o mais importante é criatividade, ousadia, inteligência e planejamento que acabam sendo muito mais importantes que o dinheiro.


Nesse cenário o Second Life provou ser um dos meios mais inovadores de projetar a visibilidade de quem quer que seja. Também demonstrou ser um grande diferencial para quem quer surpreender, pois conta com infinitas possibilidades das marcas estreitarem seus relacionamentos e se tornarem conhecidas, através da imaginação, descontração e um toque de malícia.

Alguns Tipos de Marketing de Guerrilha

Marketing Viral
Buzz Marketing
Marketing de Emboscada


Luciane Chiodi



7 comentários:

Gerson disse...

Lu, eo gostei mto, na verdad agora eo entendu qe eo msmu fzia est marketing de guerrilha! hehehehe

xou de bola!!!

Prof.Valente disse...

LULU: vc está cada vez mais surpreendendo com seus comentários do mundo virtual, o SECOND LIFE (SL) !! Muito legal o relacionamento que vc fez sobre o Marketing de Guerrilha e esse ambiente ...
Alguns acham que o SL é somente um modismo, mas vc tem trazido experiências profissionais de como as empresas, e mesmo os artistas, estão utilizando desse recurso para terem um verdadeiro diferencial !! Deixando a sua "marca" ...

Prof. Vicente Cândido disse...

Ou Lú!
Seu texto está bem explicativo, porém, creio que nesse caso que você citou tenha funcionado muito bem! Aliás, não sou especialista, mas acho que o SL vai "pegar" mesmo é no mundo corporativo e todos os seus desdobramentos, e para a sua área é um prato cheio! parabéns pelo texto. beijos

Adriana disse...

Lu,
Parabéns pelo artigo.
Estratégia no mundo virtual é a diferença no mundo real.
beijos
Adri

Adriana disse...

Lú.
Parabéns pelo artigo.
Estratégia no mundo virtual, que dá resultado no mundo real.
Isso é que é surpreender!
Beijos

Bulacha Louca disse...

Oi.

Gostei muito do seu blog.

Eu jah tive um blog assim, informativo q nem o seu, mas decidi que o meu ramo é realmente o humor. xD

Quanto ao Second Life, estou a espera de um pc que agüente o software. =P

Faz um banner para o seu blog (que nem os que estão na parte "Pareceiros" do meu blog) para que eu possa te linkar.

http://blogdabulachalouca.blogspot.com/

bjo.

Francisco disse...

Não sei se entendi bem, professora, mas a estratégia utilizada para atingir determinados fins, como fazer propaganda e vender produto ou serviço, nessa modalidade estratégica de Marketing de Guerrilha por vossa senhoria exposta, não seria espécie de deslealdade? Não estaríamos modalizando, ou mesmo instituindo, o jeitinho brasileiro de levar vantagem em tudo, não importando os meios?
Gostaria de compreender melhor o sentido do que há de bom nisso... Daí, as razões das expulsões da produtora Rosana Hermann, não achas? De outra forma, as guerrilhas se portam como tal porque se esmeram no objeto da covardia humana, e a todo custo, não medem esforços para fazer escudos humanos ou outros barbaridades com vistas a se obter seus fins: o poder. No campo do Marketing, que não é meu mister, a estratégia de guerrilhas está moldada na compreensão de que perdido por perdido nada se há de perder... toda derrota imposta, com a desgraça alheia, acaba como lucro certo. Veja como os produtores do Pânico na TV têm explorados os concorrentes invadindo seus espaços, como na dança do siri, ou bestealizando apresentadores de Programas de Televisão, mesmo ridicularizando pessoas simples, e coisas mais, em busca de uma audiência substanciada no vale tudo: "e vencemos os concorrentes do plim-plim!".

Case Barack Obama - Marketing Viral e Redes Sociais

Incrível vídeo Geração Y